Serviços Contábeis em Belo Horizonte – MG e Contabilidade | Grupo WSC

Pix: tudo o que você precisa saber sobre esse novo meio de pagamento

Descubra o que é e como utilizar o Pix.

O Pix, uma nova modalidade de pagamento instantâneo, foi anunciada pelo Banco Central do Brasil no início deste ano. 

Esta nova ferramenta possibilitará que a realização de transferências e de pagamentos seja feita de forma remota e com maior agilidade.

Além disso, o mais importante é que os usuários de aplicativos digitais poderão fazer qualquer transação financeira de forma gratuita.

Aprenda a seguir todas as novidades sobre este novo meio de pagamento. Confira! 

 

O que é Pix?

O Pix é uma nova modalidade de pagamentos de forma instantânea e gratuita, cujo principal objetivo é agilizar os processos de transferência de dinheiro e pagamento entre pessoas físicas e jurídicas. 

Além disso, a nova proposta do Banco Central promete facilitar o pagamento de boletos e também o recolhimento de impostos, tributos e taxas de serviços. 

Em resumo, esta modalidade se assemelha das demais utilizadas pelos aplicativos mobile, se diferenciando apenas pela instantaneidade de seus resultados. Ou seja, o pagamento é feito na hora.

Isso significa que não apresenta restrição de horários ou dias úteis para a realização, seja ela pagamento de boleto, TED ou DOC. 

Em resumo, o Pix permitirá a realização de qualquer operação 24 horas por dia nós sete dias da semana, inclusive nos feriados. 

Diante de todos estes fatores, é importante ressaltar que esta nova ferramenta visa a integração de todo o sistema bancário. Sendo assim, será possível qualquer transação, mesmo que as instituições bancárias sejam diferentes.

Mas atenção, o Pix ainda não está em operação no Brasil. A previsão de início é para o dia 16 de novembro, conforme anunciado pelo Banco Central.  

Aproveite para ler: COMO CONSEGUIR ACESSO AO CRÉDITO EMERGENCIAL PEAC?

 

Como vai funcionar?

De acordo com as orientações do Banco Central, todas as instituições financeiras que possuem mais 500 mil clientes em sua carteira deverão oferecer o Pix como forma de pagamento utilizada dentro dos aplicativos digitais. 

Sendo assim, não será preciso fazer o download de um novo aplicativo, uma vez que a chave do Pix deverá estar disponibilizada dentro dos aplicativos mobiles.  

Ou seja, seu funcionamento ocorrerá por meio de um Sistema de Pagamentos instantâneos, o SIP.  Lembrando que este sistema é gerido pelo Banco Central e será conectado a todas vinculadas ao programa.

Portanto, atenção, o Pix não é uma conta bancária, mas sim um novo meio de pagamento. 

 

Chaves Pix: o que são?

As chaves do Pix são ferramentas utilizadas para identificar cada conta. Ou seja, ao se cadastrar, cada usuário deverá inserir uma ou mais chaves, o que permitirá maior agilidade ao realizar cada operação. 

Existem quatro possibilidades diferentes de chaves Pix de cadastro. 

  • CPF ou CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone celular;
  • Chave aleatória.

Diante disso, durante o preenchimento de dados, é possível realizar o cadastro de mais de um e-mail, assim como de número de telefone. 

Podendo até registrar cinco tipos de chaves por conta, em caso de pessoas físicas e fazer o registro de até 20 chaves para pessoas jurídicas. 

Contudo, como forma de segurança, não será possível cadastrar a mesma chave mais de uma vez. 

Além disso, o cadastro no Pix não será obrigatório para a realização de pagamento. No entanto, esta é uma excelente ferramenta que ajudará tanto pessoas físicas quanto empresários a terem mais agilidade em suas rotinas.  

 

Pix e outros meios de pagamento

O lançamento do Pix não implica a extinção de nenhuma outra modalidade de pagamento, seja ela cartão de crédito, boleto TED ou DOC. No entanto, a sua aplicação se diferencia de todas encontradas. 

Logo, tendo como principais diferenças entre o Pix e o modelo de transferências TED. Neste caso, o Pix permite a realização de transações 24h por dia, sem a cobrança de tarifas. O mesmo serve para o DOC e pagamento em boleto. 

 

Como usar?

O passo a passo para usar o Pix é simples. Confira:

  • Leia o QR Code pela câmera de seu celular;
  • Informe a chave do Pix do recebedor, ou digite dados da conta bancária; 

Desde o momento de cadastro de chaves à realização de operações, todos os processos serão de simples compreensão e de fácil realização. 

Esperamos que o leitor tenha gostado de nosso conteúdo. Não deixe de conferir mais conteúdo como este em nosso blog e confira também

 Entre em contato agora mesmo com um de nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas!